Sardas

escrito em 2016

O sardas foi minha primeira publicação independente. Todas as cópias foram preenchidas de sardas pintadas à mão com aquarela (loucura que jamais repetirei). Os originais foram impressos em risografia no papel pólen com ajuda das meninas da fuio (@fuioprintshop).

© 2020 por emily bandeira